Sexta, 22 de Janeiro de 2021
69 98133-2589
Blogs e Colunas TECNOLOGIA

Narrativas audiovisuais em ambientes digitais transformados

A experiência multitelas possibilita novos tipos de publicidade online e dá um verdadeiro nó na cabeça dos publicitários.

22/05/2020 19h15 Atualizada há 8 meses
186
Por: Redação
Divulgação
Divulgação

Quanto coisa mudou desde que o ato de assistir televisão deixou de ser passivo e saímos do modelo de um para todos promovido pela TV analógica. Segundo o site da Agência Brasil, apenas 2,8% de 69 milhões de casas no Brasil não têm TV. Mas é notório que a televisão da década de 1980 é bem diferente da que consumimos hoje. 

As TV’s de tela plana, em sua maioria, são do modelo smart, o que não apenas melhora a imagem dos produtos televisivos, como também abre uma nova corrida pela atenção do telespectador, além de se conectarem aos celulares. A experiência multitelas possibilita novos tipos de publicidade online e dá um verdadeiro nó na cabeça dos publicitários. Antigamente, era preciso escolher o tempo das propagandas, o perfil do consumidor, definir o canais de distribuição e sua frequência. 

Hoje, como afirma o pesquisador Carlos Eduardo Marquioni, além do avanço tecnológico, nos deparamos com o que ele chama de "próteses adicionais". O exemplo mais famoso é o controle remoto, que alterou nossa maneira de assistir televisão. O número de "próteses" não para de crescer. Elas ampliam imensamente nossa interação, mas, no mesmo nível, nossa distração.

A segunda tela pode ser o celular, o tablet ou laptops, mas o efeito zapping ganha apoio também por meio da concorrência. Entre os aplicativos instalados nos aparelhos televisivos, muitos deles podem ser acessados diretamente via celular, utilizando recursos de compartilhamento via wi-fi, como é o caso do Chrome Cast do Google.

Sempre percebemos a televisão como espelho de nossa cultura. As telenovelas trazem sempre temáticas sensíveis à sociedade. Os BBBs revelam o comportamento dos participantes e muitas vezes os nossos também. 

O autor Raymond William, em seu texto “A Cultura é Algo Comum”, trouxe uma bela reflexão ao apontar que o progresso das comunicações trazidas pelas novas formas de transmissão múltiplas "criou divisões incomensuráveis entre o transmissor e a audiência", gerando assim novas massas. Vide os fenômenos trazidos pelas lives do YouTube, algumas com mais de 28 milhões de visualizações, como a transmissão da dupla Bruno e Marrone.

Youtube tem suas regras

O YouTube é hoje o maior repositório de vídeos do mundo e o segundo maior buscador da web, e também agora o canal mais estável para lives dada a sua robustez e capacidade de agregar milhões de pessoas ao mesmo tempo. Hoje temos uma imensidão de porta-vozes, capazes de gerar engajamento ou tornarem-se relevantes.

O espaço ganhou uma democracia inimaginável e trouxe mais gente para o contexto audiovisual. Centenas de milhares de pessoas discutindo pontos de vista, ensinando processos e buscando sentido nos mais diversos campos de atividade. As lives das redes sociais e os repositórios de streaming vivem seus momentos áureos, gerando novos contextos que passam a fazer parte do nosso cotidiano - as transmissões ao vivo. No entanto, o Youtube tem suas regras e ferir direitos autorais pode derrubar a live automaticamente.

O Youtube monitora os usuários quanto ao direito autoral vejam: "Verificamos todas as transmissões ao vivo para encontrar correspondências com o conteúdo de terceiros, incluindo material protegido por direitos autorais na forma de outra transmissão desse tipo, como um evento esportivo. Quando identificamos conteúdo de terceiros, uma imagem de marcador substitui a transmissão ao vivo até que nosso sistema não detecte mais a correspondência. Em alguns casos, o evento pode ser encerrado." Veja a íntegra neste link.

Nas ruas saímos de máscaras e escondemos o rosto. Nos ambientes virtuais estamos cada vez expostos e também vulneráveis. Veja o caso da Gabriela Pugliesi (foto abaixo. Fonte: Revista Istoé). A influencer precisou desativar o perfil no Instagram após mostrar que realizava festa durante quarentena. Estamos atentos e intolerantes com o outro. Conseguimos marcar nossos pontos de vista com rapidez, e isso nem é sempre é saudável. Segundo afirma o site da Istoé, a influenciadora inclusive perdeu contratos publicitários além de receber críticas de outras influenciadoras e celebridades.

As narrativas audiovisuais em ambientes virtuais ganham novos contornos e milhões de atores. Como apontam os pesquisadores Alex Primo e Raquel Recuero, novas narrativas são construídas a partir de relações de colaboração e cooperação, tornando instáveis as fronteiras entre leitor e autor. E essa fronteira nunca esteve tão instável, não é mesmo?

As lives provocam novas condutas, induzem novos formatos de publicidade e tensionam questões éticas, como consumir bebida alcoólica ou fumar durante os shows. Colocam à prova os direitos de imagem e também os direitos autorais. As lives reverberam, abrem espaços para comentários e interação, nos colocam em um novo patamar no que se refere à comunicação. Inauguram formatos, mudam o jeito de se fazer televisão e conquistar audiência. As lives vieram para ficar? Uma coisa é certa: o marketing digital ganhou um elemento importante e dele não podemos mais abrir mão.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Alysson Lisboa
Sobre Alysson Lisboa
Jornalista, mestre em comunicação, coordenador de pós-graduação e professor na PUC Minas. Acesse o site: www.etcdigital.etc.br e fale pelo E-mail: [email protected]
Porto Velho - RO
Atualizado às 14h00 - Fonte: Climatempo
28°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 28°

31° Sensação
11 km/h Vento
70% Umidade do ar
67% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (23/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (24/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias